4 componentes para estruturas metálicas: características, aplicações e benefícios - GalvaMinas
Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

4 componentes para estruturas metálicas: características, aplicações e benefícios

Voiced by Amazon Polly

As estruturas metálicas são utilizadas como sustentação nos mais diversos tipos de projetos, sejam casas, estabelecimentos comerciais, galpões, pavilhões e afins. Elas podem ser compostas por componentes variados, que têm em comum a composição metálica e também a produção fabril.

Embora as estruturas metálicas não sejam um perfil construtivo comum no Brasil, elas apresentam inúmeros benefícios e a versatilidade de seus materiais faz com que estejam presentes no cotidiano de outras maneiras.

A seguir vamos apresentar alguns dos principais componentes das estruturas metálicas, características, usos e benefícios desse material. Prossiga!

1. Perfil metálico ou viga

Os perfis metálicos ou vigas são peças muito utilizadas na construção civil, apresentando formatos que lembram letras do alfabeto, como U, W, H. Esse molde permite que elas sejam encaixadas com agilidade, facilitando o processo construtivo.

Além da forma, há também variedade no material, tal o caso do perfil enrijecido, que tem função diferente do comum. De um modo geral, os perfis têm a função de suporte para apoio nas estruturas metálicas como, por exemplo, para receber coberturas, embora também sejam utilizados em outros contextos, como na indústria e instalações mecânicas.

O uso dos perfis confere grande resistência estrutural, leveza e praticidade na montagem, além de proporcionarem um melhor uso do espaço, uma vez que são mais finos que o concreto. A fixação das peças se dá por meio de solda ou parafusos apropriados para o material, resultando em um acabamento uniforme, com possibilidade de exposição sem prejuízo estético.

2. Metalon

O metalon é um tubo feito em aço carbono, disponibilizado nos formatos quadrado, retangular ou redondo. Cada forma influencia nas propriedades mecânicas desse componente e, portanto, devem ser escolhidas minuciosamente de acordo com o projeto.

Uma das características do metalon, que o diferencia de outros tubos de aço, é a costura de fechamento. Ele é amplamente aplicado em obras, mas também muito utilizado para design arquitetônico, peças artísticas, decorativas e móveis planejados. É um material que se destaca por sua versatilidade, resistência climática e custo-benefício.

3. Tubos de aço

Os tubos de aço podem ser confundidos com o metalon devido aos formatos semelhantes, mas não são a mesma coisa. Esses componentes das estruturas metálicas contam com maior resistência mecânica e podem ser fabricados com tipos de aço mais sofisticados, como o galvanizado ou galvalume.

O acabamento dos tubos de aço também é mais refinado, por não constarem de costura. Eles são igualmente aplicados na construção civil, tanto para a composição das estruturas metálicas, quanto como chumbadores de vigas, fundação e base das obras. Novamente, deve-se observar o formato para definir a aplicação.

4. Barras

As barras metálicas são conhecidas principalmente por sua aplicação junto a alvenaria para conferir maior resistência à edificação. Elas também são muito presentes em objetos cotidianos e na utilização para fins decorativos.

Contudo, funcionam igualmente como componentes complementares nas estruturas metálicas. Assim como nos casos anteriores, elas contam com mais de um formato, podendo ser: redondo, chato, quadrado ou cantoneira.

A versatilidade dos componentes das estruturas metálicas: de grandes construções a objetos cotidianos

As estruturas metálicas, como observamos, não tem seu uso popularizado nas construções residenciais no Brasil, mas estão muito presentes em outros contextos.

Na construção civil, as construções comerciais são muito adeptas a esse modo construtivo, dentre outras razões, por sua agilidade e praticidade. Shoppings, galpões, edifícios com muitos andares, pontes, viadutos e afins se beneficiam da flexibilidade do material.

Por ser mais leve, a agilidade para construção desses equipamentos também favorece o uso das estruturas metálicas, que oferecem, ainda, layouts mais limpos em comparação a outras estruturas.

Mas, não só nas grandes construções as estruturas metálicas são utilizadas. Seus componentes, tanto auxiliam em outros modos construtivos, como já mencionamos, quanto encontram novas aplicações diante da plasticidade e receptividade do aço, tais como:

  • Coberturas arquitetônicas, como de estádios;
  • Portões de aço;
  • Tubulações hidráulicas e elétricas;
  • Equipamentos de academia;
  • Corrimão e escadas;
  • Móveis e decoração.

Benefícios das estruturas metálicas

Alguns benefícios das estruturas metálicas já ficaram explícitos no decorrer do artigo, principalmente a versatilidade conferida pelo aço por sua flexibilidade, leveza e produção industrializada. Entretanto, ainda existem vantagens relevantes a se considerar sobre esse material:

Maior segurança

Resistente e durável, o aço proporciona maior segurança, tanto no que diz respeito à estabilidade da estrutura diante de intempéries, quanto no que se refere à prevenção contra arrombamentos e invasões.

Para assegurar esse benefício, é importante escolher bem o fornecedor, de modo a obter materiais em conformidade com as normas técnicas e respectivo padrão de qualidade.

Resistência e durabilidade

Os componentes das estruturas metálicas são feitos em aço, que por si só é um material resistente, durável e sustentável. Conforme a finalidade do componente estrutural, pode-se usufruir do aço carbono, galvanizado ou Galvalume, que contam com proteção contra oxidação e ampla vida útil.

Custo-benefício

Ao analisar aspectos como durabilidade, resistência, melhor uso do espaço e praticidade proporcionados pelas estruturas metálicas, o custo-benefício que elas oferecem é mais vantajoso do que outras alternativas.

Observa-se, ainda, o menor custo com recursos humanos, com o cuidado de sempre utilizar mão-de-obra especializada para manusear as estruturas. Outro ponto forte nesse sentido é a maior liberdade e facilidade de incorporar outros elementos em caso de reformas, inclusive decorativos.

Praticidade e personalização

Já mencionamos que as estruturas metálicas são mais leves e compactas, de modo que permitem o maior aproveitamento do tempo e espaço. Fora isso, as peças chegam prontas para montagem, agilizando a construção.

Pela mesma razão, isto é, por serem fabricadas sob medida, pode-se ousar nos elementos decorativos e estruturais do projeto, encomendando as peças de acordo com as demandas. Por fim, todos os componentes que listamos podem ser pintados, o que favorece ainda mais os aspectos arquitetônicos da edificação.

Agora você conhece as características e vantagens das estruturas metálicas e ainda o quanto seus componentes podem dar asas à criatividade, desde em projetos arquitetônicos complexos até no design de interior e exterior.

Para conhecer mais sobre as vantagens das estruturas metálicas em relação a outros métodos construtivos, leia nosso e-book: Aço ou madeira, qual usar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *