Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Telhas galvalume: tudo o que você precisa saber!

Existem diversas opções de telhas metálicas, elas variam quanto a qualidade, indicação de uso e custo-benefício. Dentre elas, destacam-se as telhas galvanizadas. Esse tipo apresenta menor risco de corrosão, rápida instalação, baixa manutenção, além de ser uma alternativa ecologicamente correta. Paralelamente às telhas galvanizadas, temos também as telhas galvalume. O diferencial é que esta apresenta um processo de revestimento sofisticado, o que proporciona benefícios diferenciados para quem a utiliza.

A seguir você poderá conhecer tudo sobre as telhas galvalume. Confira!

O que são as telhas galvalume?

As telhas galvalume são caracterizadas por um revestimento composto por 55% de alumínio, 43,5% de zinco e 1,5% de silício. Por sua composição, esse tipo de telha tem uma duração até quatro vezes maior do que a telha galvanizada. Devido a isso, elas são indicadas para regiões em que as condições ambientais apresentam maiores riscos de corrosão. Por exemplo, locais que apresentam altos índices de umidade e temperatura.

Qual a diferença entre telhas galvalume e outras telhas metálicas?

Como falamos anteriormente, a principal característica da telha galvalume é a sua maior resistência. No entanto, existem outros tipos de telhas metálicas que também podem oferecer ótima resistência e durabilidade.

As telhas galvanizadas, por exemplo. Elas são revestidas com zinco e podem apresentar diferentes processos de produção, que farão a diferença em seu desempenho. Outro tipo de telha que resiste à corrosão é a de aço inoxidável. Ela é composta por liga de ferro e cromo, podendo apresentar também outros elementos como níquel, molibdênio e afins.

Os dois tipos de telha metálica que mencionamos podem responder bem a alguns problemas ambientais. Contudo, para ambientes mais instáveis ou nos quais se sabe que existem fatores climáticos relevantes, como chuvas ácidas, maresia e afins, a galvalume é a mais indicada. Além da segurança e durabilidade, sua aparência também se mantém preservada.

Cuidados ao adquirir uma telha galvalume

Na hora da compra, ao optar pelas telhas galvalume, é preciso tomar cuidado com a qualidade de sua produção. Assim como com a idoneidade do fabricante. Dessa forma você garante que irá realmente usufruir de todos os benefícios oferecidos por ela.

Conforme a NBR (Norma Brasileira) da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), o revestimento da telha galvalume sem pintura deve ser, no mínimo, de 150 gramas por metro quadrado, tomando como referência a chapa AZ 150.

Você deve ter cuidado com produtos de baixa qualidade que apresentam camadas menores de proteção, pois o desempenho da telha fica prejudicado. É sempre importante verificar se o fornecedor da telha é certificado pela ABNT.

Com todos os benefícios proporcionados vemos que o custo-benefício das telhas galvalume é muito interessante. Elas oferecem maior garantia de durabilidade e resistência à diversas condições ambientais e ação do tempo.

Agora que você já conhece as qualidades das telhas galvalume é possível que busque também por outras características, como isolamento térmico ou acústico. Esses elementos exigem a avaliação de outras características, que vão além da qualidade do aço. Se esse for o seu caso, você pode se aprofundar mais no assunto e conhecer tudo sobre telhas lendo o nosso e-book: Telhas Sanduíche: O guia definitivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *