Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Saiba como escolher o rejunte certo para azulejos e pisos

O rejunte é chamado de argamassa de cimento, ele é o responsável por preencher as frestas entre as cerâmicas e tem a função de impermeabilizar as laterais das peças. É composto por produtos como: cimento, aditivos e minerais, e quando recebem água e são homogeneizados da forma correta se transformam em uma argamassa cremosa, pronta para realizar as suas funções nas peças de cerâmicas.

Saber definir qual o tipo de rejunte a ser aplicado no momento do assentamento é tão importante quanto escolher o piso. Neste post vamos mostrar os tipos de rejunte e qual é a indicação para cada um. Não deixe de conferir!

Quais os tipos de rejunte que existem no mercado?

Atualmente no mercado existem três diferentes tipos de rejunte:

  • Acrílico;
  • Cimentício;
  • Epóxi.

A decisão correta entre essas opções é o fator que vai garantir um acabamento e um visual agradável do revestimento. O rejunte é o responsável também pela estética do piso.

Acrílico

É composto por resinas acrílicas, cimento, pigmentos, aditivos e polímeros. Ele possui um acabamento mais liso e o seu preço é razoável. A distância entre um revestimento e outro é de 1 a 3 mm.

Cimentício

A sua composição é de alguns minerais e cimento. Ele pode ser instalado no lado externo e interno das residências, sendo que também pode ser aproveitado em áreas que podem ser molhadas.

A sua indicação é para cômodos que recebem água constantemente e a distância recomendada é de 2 a 10 mm de uma peça até a outra.

Epóxi

O rejunte epóxi é basicamente composto por resinas e possui alta resistência mecânica e química. Ele é extremamente impermeável e resistente a fungos e manchas. Devido a suas características, ele apresenta um acabamento de altíssima qualidade, porém a aplicação do produto deve ser realizada com muito cuidado.

Ele permite uma distância entre um revestimento e outro de menos de 3mm.

Aplicação

Após definir qual o tipo de rejunte será usado, é necessário ficar atento quanto a aplicação. Antes de começar o processo é recomendado que as peças estejam totalmente secas e limpas, logo a preparação da argamassa vai ocorrer de acordo com as orientações dos fabricantes e devem respeitar o prazo de utilização.

Quando o rejunte atingir uma condição pastosa você deve utilizar uma espátula para evitar o contato com a superfície das cerâmicas. Você deve esperar por volta de 40 minutos até o rejunte secar, sendo assim você poderá retirar o excesso com uma esponja ou com um pano limpo.

Antes de começar a aplicação é necessário calcular quanto de material será preciso, levando em conta a largura das juntas e o tamanho das peças.

Agora você já sabe os tipos de rejuntes e como aplicá-lo. Você ficou com alguma dúvida? Deixe-nos um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *