Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

Conheça os diferentes tipos de gesso

O gesso está conquistando cada vez mais o seu espaço nas construções e nas reformas no Brasil, fator que se deve à multifuncionalidade do material, que possui baixo custo e pode ser utilizado em vários setores das obras. A cor original do produto é branca, mas, devido à ação de outros fatores ele é encontrado na cor cinza, marrom, amarelado ou até mesmo rosado. 

Não dá para pensar no futuro da construção civil sem pensar no uso do gesso, material que pode ser aproveitado em revestimentos, divisórias ou rebaixamentos. No texto a seguir vamos mostrar os diferentes tipos de gesso que existem no mercado. Não deixe de conferir! 

Tipos de gesso existentes no mercado

Gesso tradicional

É o mais barato e simples do mercado, sendo ideal para quem deseja economizar na construção ou na reforma. Ele é indicado para ambientes menores, e sua instalação é feita com fixações através de arames galvanizados. 

Gesso acartonado

Está entre os mais utilizados para a instalação de forros e tetos. A durabilidade do produto compensa o preço superior, uma vez que ele não fica amarelado e é bem mais resistente. 

Sancas

As sancas de gesso é uma modalidade de decoração extra, já que ela é definida como uma moldura que fica entre a parede e o teto. Elas podem ser divididas em cinco estilos: aberta, fechada, ilha, invertida, rasgo de luz e podem ter ou não iluminação. 

  • Sanca fechada – Nela só é possível ter acesso a iluminação com spots, pois não possui nenhum tipo de abertura; 
  • Sanca aberta – Nesse modelo a abertura fica voltada para o centro do ambiente e no vão é possível ter acesso a luz natural;
  • Sanca invertida – Esse tipo também é aberta, porém o vão fica nas laterais;
  • Sanca rasgo de luz – Possuem pequenos recortes no forro que permitem a passagem da luz;
  • Sanca ilha – Nesse estilo a sanca possui uma base no centro que é voltada para o teto. 

Forros em placas 

Esse modelo de gesso é mais conhecido, sendo que ele é mais barato que o forro de gesso acartonado. A sua produção é feita com placas de gesso encaixadas, por isso é ideal ser instalado por profissionais altamente qualificados.

Muitas pessoas não gostam desse material devido a dificuldade na colocação e por fazer bastante sujeira até ficar pronto.

Forro de drywall

Esse modelo é mais moderno que o forro em placas. A sua produção é feita de grandes chapas de gesso revestidas e parafusadas em uma estrutura de metal. Devido a sua espessura fina, ele permite que se aproveite mais da área e pode ser utilizado em ambientes de qualquer dimensão. 

A instalação do material é mais fácil e ágil, não gerando sujeira como o anterior. Suas especificidades permitem um acabamento de altíssima qualidade, que não costumam trincar ou ficar amarelado como o gesso tradicional. 

Você já utilizou gesso nas construções ou reformas? Compartilhe conosco sua experiência. 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *