Fazer Orçamento

X

Faça agora um orçamento gratuito

*Entrega exclusiva para Minas Gerais

A importância do seguro de obra

O Seguro de Obra é também conhecido como Seguro de Riscos de Engenharia e foi criado para garantir a segurança das obras. Além de cobrir imprevistos, essa apólice cobre possíveis erros durante a execução do projeto.

Mesmo com as várias vantagens, essa modalidade ainda não atingiu um alto nível no Brasil, todavia, devido as exigências das licitações públicas, e a necessidade de proteção por parte das construtoras e dos proprietários de construções, esse cenário está mudando.

Neste texto vamos mostrar a importância do seguro de obra, quais são as suas coberturas e os cuidados necessários para a contratação. Não deixe de conferir!

Seguro de obra

O seguro de obra está ligado a construção civil e como todos os outros tipos de seguros tem como fundamento a transferência de risco. De forma abrangente, o seguro alcança, basicamente, roubos, incêndios, danos causados pela natureza, etc.

O seguro de obra deve ser visto como um investimento, uma vez que ele resguarda o patrimônio do segurado. Atualmente existem três modalidades do seguro de obra:

  1. Quebra de Máquina: Protege os equipamentos já instalados e que estão em operação na empresa;
  2. Montagem e Instalação: Quando o serviço é de estruturas temporárias;
  3. OCC (Obras Civis em Construção): Este é destinado especialmente no período de execução da obra.

Coberturas Básicas

  • Riscos ligados à construção;
  • Incêndios;
  • Furto e roubo qualificado;
  • Danos da natureza – (Vendavais, granizos, raios, alagamentos, etc);
  • Colisão de veículos.

Quais obras podem contratar o seguro de obra?

  • Colégios/ Faculdades;
  • Igrejas;
  • Galpões;
  • Casas residenciais;
  • Edifícios;
  • Pontes/ túneis/ viadutos;
  • Ginásios.

O que o seguro de obra não cobre?

  • Práticas de autoridade pública;
  • Atos terroristas;
  • Radiação nuclear.

Coberturas adicionais

As coberturas adicionais visam cobrir os riscos que não estão inclusos na cobertura básica.

Com exceção de atos terroristas e de guerra (que não são cobertos por nenhuma instituição) outras situações podem ser incrementadas na apólice:

  • Falhas no projeto;
  • Riscos dos fabricantes;
  • Tumultos/greves;
  • Despesas extras que não estão ligadas às obras.

Vantagens

  1. Garantir indenizações resultantes de falhas técnicas;
  2. Proteção do patrimônio da construtora ou do proprietário;
  3. Avalizar valores previstos nos contratos;
  4. Confirmar as exigências dos contratantes;
  5. Garantir o retorno financeiro em caso de imprevistos.

Quais os cuidados necessários para a contratação do seguro de obra?

  • Escolha da corretora de seguros – Por ser uma questão extremamente complicada, que envolve patrimônios de altos valores, é necessário fazer uma análise bem minuciosa para escolher qual empresa será a responsável pelo seguro. Procure referências e não contrate seguradoras desconhecidas;
  • Fique atento aos serviços contratados – Ao contratar o seguro defina bem quais são as suas prioridades e saiba quais são todos os seus serviços contratados;
  • Nunca considere somente o preço na hora de fazer a sua escolha;
  • Guarde todos os documentos e registros relativos à obra, bem como documentos do contrato do seguro.

Você já tem seguro de obra? Deixe-nos um comentário, compartilhando suas experiências. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *